Meu Marido Bebe Muito o Que Fazer

Data: 17/08/2017 Categoria: Saúde / Voltar

Meu Marido Bebe Muito o Que Fazer

Quando amamos alguém queremos ver esta pessoa sempre bem e prosperando, alcançando coisas boas em sua vida e tendo muitos sucessos e realizações. Porém, esta mesma pessoa que queremos tão bem pode estar passando por momentos de dificuldade e precisando da nossa ajuda.

Nem sempre isso é fácil de identificar, por isso é necessário atenção aos detalhes. O álcool pode ser uma válvula de escape para inúmeros problemas da vida, e isso pode acarretar problemas sérios no futuro. Saiba o que fazer com o seu marido que bebe demais e como ajudá-lo.

Antes de qualquer coisa, nem sempre quem bebe muito é alcoólatra, porém é preciso estar de olho aos sinais. O alcoolismo é uma patologia, ou seja, uma doença, e a pessoa não será curada e/ou controlada sem o auxílio de profissionais capacitados para isso.

O indivíduo que bebe demais, por outro lado, pode vir a desenvolver a dependência do álcool, no entanto, em um primeiro momento, isso é apenas um hábito tanto mal visto como também prejudicial – a ele mesmo e aos que estão ao seu lado.

O álcool é capaz de acabar com a vida de uma pessoa. Começam os problemas no ambiente de trabalho/escola, discussões sem sentido dentro de casa, falta de lembrança sobre o que aconteceu em determinado momento, incapacidade de sair e não beber, início dos sintomas da falta do álcool, entre tantos outros. É neste momento que a família e os amigos próximos se fazem importante.

O primeiro passo é estabelecer um diálogo com seu marido. Procure saber por que ele está agindo desta maneira e demonstra preocupação, mas sem discutir, julgar ou forçar a pessoa a parar de beber. É fundamental criar a confiança para que a pessoa se dê conta do que está fazendo e que você só está ali para ajudá-la. Por isso, tenha cuidado com as palavras e escolha um dia que a pessoa esteja sóbria.

Comunidades de apoio são boas opções para estes casos, como, por exemplo, os alcoólicos anônimos e grupos de igreja. Lá, seu marido poderá encontrar outras pessoas que passam por problemas semelhantes e, desta maneira, ganhar a força de vontade e a superação que esteja faltando para largar a bebida e recomeçar a vida de maneira muito melhor, com a família e os amigos.

O apoio de todos é de suma importância, seja para não beber quando a pessoa em questão estiver por perto, como também para demonstrar carinho, preocupação e atenção sempre que ela precisar.

Caso nada disso dê o resultado efetivo, o próximo passo é procurar por ajuda profissional especializada. A Clínica de Internação é uma das instituições que podem ajudar no tratamento de pessoas com problemas/vícios alcoólicos. A pessoa precisa querer se internar e melhorar; quanto mais receptiva ela for ao tratamento, melhor.

Nos centros especializados existem profissionais que sabem como lidar com cada caso, como conversar com as pessoas e fazer com que elas entendam que precisam de ajuda. E, é claro, enquanto seu marido estiver realizando o tratamento, ele continuará precisando do seu total apoio. Continue motivando-o, encorajando-o e dando sinais de sua melhora.